Archive for maio, 2017

COPA LEOC PRE TEMPORADA

ACONTECE NESTE FINAL DE SEMANA 27/28 DE MAIO A COPA LEOC PRE TEMPORADA, CAMPEONATO QUE ANTECEDE O CAMPEONATO ESTADUAL COPA HEMMER ALIMENTOS, PARTICIPARAO DESTA COPA AS EQUIPES DE DIONISIO F.C. DE DIONISIO CERQUEIRA, SER JUVENTUDE DE LINDOIA DO SUL E A EQUIPE DO FREI BRUNO DE JOAÇABA, AS EQUIPES JOGARAO EM JOGOS ELIMINATORIOS SENDO JA DETERMINADO EM PRIMEIRA REUNIAO SEGUNDO A TABELA ABAIXO:

27/05 SABADO  AS 15:30HS – DIONISIO F.C. X SER JUVENTUDE – JOGO 1

28/05 DOMINGO AS 15:30 HS – FREI BRUNO X VENCEDOR DO JOGO 1

O CAMPEONATO QUALIFICA AS TRES EQUIPES A PARTICIPAR DO ESTADUAL QUE SE INICIA NO DIA 11 DE JUNHO.

campo frei bruno

TABELA DE JOGOS ATUALIZADA

TABELA ATUALIZADA

FCF participa da reunião do conselho técnico da Copa Oeste – Taça Hemmer Alimentos

A Federação Catarinense de Futebol, através dos representantes dos Departamentos de Competições, Registro e Transferência e de Arbitragem, participou na manhã deste sábado (06), em Xanxerê, no auditório da Prefeitura Municipal, da reunião do conselho técnico da Copa Oeste de Futebol Não Profissional – Taça Hemmer Alimentos.

Vayran da Silva Rosa, Sálvio Ditzel Júnior e José Carlos Goulart Júnior estiverem presentes no Conselho Técnico da Copa Oeste 2017.

A competição é uma das maiores do Estado na categoria Não Profissional Adulto e será coordenada pela Liga Esportiva Oeste Catarinense, de Joaçaba, presidida por Angelo Rudimar Bechi. A Copa Oeste 2017 iniciará no dia 11 de junho com a participação de 21 clubes, envolvendo 18 cidades da Região Oeste.

Forma de disputa
Através de sorteio por bingo eletrônico, as 21 equipes foram divididas em cinco grupos, quatro com quatro clubes e um com cinco clubes. As equipes se enfrentarão dentro dos grupos em turno e returno. Nos grupos de quatro clubes se classificarão três equipes e no grupo de cinco clubes se classificarão quatro equipes.

A partir da 2ª Fase – Oitavas de Final, as dezesseis equipes classificadas se enfrentarão no sistema de confronto eliminatório, jogos de ida e volta, até a definição do campeão. Apenas o campeão da Copa Oeste – Taça Hemmer Alimentos participará da Etapa Estadual do Campeonato Catarinense Não Profissional Adulto 2017.

COPA OESTE HEMMER

INICIO DO CAMPEONATO DIA 11/06/2017 JOGOS AS 15:00HS

CHAVE A CHAVE B CHAVE C CHAVE D CHAVE E
1 CRM 5 AFA SÃO CARLOS 9GINASTICA RIQUEZA 13AJAP PINHALZINHO 17 FREI BRUNO JOAÇABA
2 GREMIO GUARUJA 6 DIONISIO F.C. 10PALMITOS 14 CER OURO VERDE / SME DESCANSO 18 XANXERE FC.
3 GUARANI SÃO MIGUEL 7GREMIO UNIAO IPORÃ DO OESTE 11E.C. COMETA 15METROPOL SÃO CARLOS 19 GUARANY XAXIM
4 HARMONIA DE GUARACIABA 8 SÃO LOURENÇO/ VISOLI / CDM 12 GREMIO TUNENSE 16IPIRANGA SÃO JOSE DO CEDRO 20INDEPENDENTE SÃO DOMINGOS
21 SER JUVENTUDE LINDOIA

 

CAPÍTULO II – DA FORMA DE DISPUTA, CLASSIFICAÇÃO E SISTEMA DE PONTUAÇÃO

Art.3º – A forma de disputa do Campeonato Catarinense de Futebol Não Profissional – Região Oeste – Edição 2017:

Parágrafo Primeiro: Na Primeira Fase as equipes foram divididas em 5 chaves “A” com 4 equipes, Chave “B” com 4 equipes, Chave “C” com 4 equipes, Chave “D” com 4 equipes e Chave E com 5 equipes. Estas jogarão entre si, dentro da respectiva chave em turno e returno. Classificam-se para a 2ª (segunda) Fase as 03 (TRES) melhores colocadas da chave A,B,C,D e os 4(quatro) melhores Chave E.

 

Parágrafo Segundo: Na 2ª(segunda) fase, será realizado o cruzamento das equipes onde os jogos serão definidos conforme a classificação na fase de grupo, onde as equipes jogarão em turno e returno, no sistema de mata-mata, com igualdade de condições, sendo que o jogo de volta será realizado no Estádio da equipe melhor classificada fase de grupo. Será obedecido o seguinte critério de rankeamento.

 

 

1º melhor 1º colocado x  4º colocado CHAVE E – jogo 1

2º melhor 1º colocado x 5º melhor 3º colocado – jogo 2

3º melhor 1º colocado x 4º melhor 3º colocado – jogo 3

4º melhor 1º colocado x 3º melhor 3º colocado – jogo 4

5º melhor 1º colocado x 2º melhor 3º colocado – jogo 5

1º melhor 2º colocado x 1º melhor 3º colocado – jogo 6

2º melhor 2º colocado x 5º melhor 2º colocado – jogo 7

3º melhor 2º colocado x 4º melhor 2º colocado – jogo 8

 

 

 

 

Parágrafo Terceiro: Na 3ª(terceira) fase, será realizado o cruzamento das equipes onde os jogos serão definidos conforme a classificação na fase anterior , onde as equipes jogarão em turno e returno, no sistema de mata-mata, com igualdade de condições, sendo que o jogo de volta será realizado no Estádio da equipe melhor classificada fase de grupo. Será obedecido o seguinte critério:

 

Vencedor jogo 1 x vencedor jogo 8 – jogo 9

Vencedor jogo 2 x vencedor jogo 7 – jogo 10

Vencedor jogo 3 x vencedor jogo 6 – jogo 11

Vencedor jogo 4 x vencedor jogo 5 – jogo 12

 

Parágrafo Quarto: A partir da 2ª(segunda) Fase até as partidas finais, serão realizadas partidas de ida e volta, conforme distribuição das chaves acima. Se, ao término dos 180(cento e oitenta) minutos, terminar empatado em numero de pontos ganhos, será considerado classificada a equipe que tiver o melhor saldo de gols. Caso não haja vantagem no saldo de gols, será definida na cobrança de 5 (cinco) penalidades máximas. Para os critérios de desempate em todas as fases será obedecido o estabelecido no Artigo 6º deste regulamento.

Art.4º – Na fase Semi Final e Final, as partidas serão entre os vencedores da Fase, com jogos de ida e volta. Terá o mando de campo para a 2ª (segunda) partida a equipe com melhor campanha da Fase de grupo. Será obedecido o seguinte critério:

SEMI FINAL

Vencedor jogo 9 x Vencedor jogo 12 – jogo 13

Vencedor jogo 10 x Vencedor jogo 11 – jogo 14

 

FINAL

Vencedor jogo 13 x Vencedor jogo 14 – jogo 15

 

Para os critérios de desempate na 1ª fase ou fase de grupo será obedecido o estabelecido no Artigo 5º deste regulamento.

 

Art.5º – Em caso de empate em pontos ganhos, serão adotados os seguintes critérios para desempate:
a) ENTRE 02 (DUAS) EQUIPES:

a.1) Confronto direto na fase;

a.2) Maior número de vitórias na fase;

a.3) Menor número de gols sofridos na fase em que ocorreu o empate;

a.4) Maior número de gols marcados na fase em que ocorreu o empate;

a.5)Sorteio.

  1. b) ENTRE 03 (TRES) OU MAIS EQUIPES:

b.1) Maior número de vitórias nas partidas realizadas entre si;

b.2) Menor número de gols sofridos nas partidas realizadas entre si

b.3) Maior número de gols marcados nas partidas realizadas entre si;

b.4) Melhor saldo de gols no grupo ou fase em todos os jogos em que ocorreu o empate;

b.5) Sorteio.

 

 

 

  1. C) Na 3ª (terceira) fase, Semi-final,e final o critério para definir a equipe melhor classificada para fazer o segundo jogo em seu estádio será o seguinte:
  2. a) maior numero de pontos ganhos na fase do empate;
  3. b) melhor saldo de gols na fase do empate;
  4. c) menor numero de gols sofrido na fase do empate;
  5. d) maior numero de gols marcados na fase do empate;
  6. e) maior numero de gols marcado na casa do adversário;
  7. f) melhor campanha na fase anterior ao empate;

 

Art.6º – Para efeito de classificação, a pontuação para as partidas obedecerá aos seguintes critérios:

  1. Vitória: 03 (Três) pontos;
  2. Empate: 01 (Um) ponto;
  3. Derrota: 00 (Zero) ponto.

 

 

FCF realiza aula prática sobre o Sistema Gestão Web CBF e palestra instrutiva de arbitragem na região Oeste

A Federação Catarinense de Futebol realizou na tarde desta sábado (06), em Xanxerê, no campus do Instituto Federal de Santa Catarina, palestra instrutiva de arbitragem e aula prática direcionadas às Ligas Não Profissionais e aos clubes de futebol não profissional da região Oeste do Estado sobre a utilização do Sistema de Gestão Web da Confederação Brasileira de Futebol. A iniciativa da Entidade, através da administração Rubens Renato Angelotti, visa melhorar o funcionamento das Ligas filiadas e dos clubes não profissionais.

A partir de 2017, todas as ações de registro e transferências de atletas das competições promovidas pelas Ligas Não Profissionais devem ser realizadas pelo Sistema de Gestão Web da CBF. Para serem consideradas ativas e aptas para a disputa das Etapas regionais e Estadual do Campeonato Catarinense Não Profissional Adulto 2017, as Ligas Não Profissionais devem realizar competições federadas, devidamente registradas no Sistema de Gestão Web da CBF.

O assessor do Departamento de Competições, José Carlos Goulart Júnior, abriu o encontro agradecendo a presença de todos em nome do Presidente Rubens Renato Angelotti. Compareceram presidentes e representantes de oito Ligas Não Profissionais da Região Oeste, além representantes de onze clubes não profissionais.

O assessor do Departamento de Registro e Transferências da FCF, Sálvio Ditzel Júnior, iniciou as atividades falando sobre as definições do Sistema Web da CBF. Em seguida iniciou a aula prática destacando passo a passo a utilização do sistema. Desde o cadastro de pessoas: médico, atletas, treinador, passando pela inserção e digitalização de documentos, até a execução das ações de transferência, registro e aditivos de vínculos, reversão de categoria e pagamento de boletos.

Após a aula prática a Federação Catarinense de Futebol forneceu uma caixa de bolas para quatro Ligas Não Profissionais da região: Liga Esportiva Xanxerense, Liga Esportiva Fronteirista, Liga Desportiva Concordiense e Associação Liga Esportiva Oestina.

Arbitragem
Após a aula prática sobre a utilização do Sistema Web da CBF, o Instrutor FCF/CBF, Vayran da Silva Rosa, proferiu a palestra instrutiva sobre as atualizações das Regras do Jogo

Vayran da Silva Rosa destacou as 17 regras, juntamente com as Emendas, exemplificando situações de jogo com apresentação de vídeos para análise e discussões. Vayran da Silva Rosa deu ênfase para a Regra 5 – O Árbitro, Regra 6 – Os Outros Oficiais de Arbitragem, a Regra 11 – Impedimento e Regra 12 – Faltas e Incorreções.

A Federação Catarinense de Futebol agradece ao Instituto Federal de Santa Catarina, instituição pública centenária ligada ao governo federal, pela sessão do espaço, que possibilitou a Entidade atender as Ligas Não Profissionais da Região Oeste, jurisdição entre os municípios de São José do Cedro até Joaçaba.